As verdadeiras razões para engordar mais no invernoNotícias de Saúde

Segunda, 11 de Janeiro de 2016 | 95 Visualizações

Fonte de imagem: diabetesohio

Estudo britânico confirma que o inverno é a estação mais inimiga para a boa forma.

É verdade, é no inverno que mais facilmente se engorda e agora há uma justificação científica para esta má notícia. Diz um estudo da Universidade de Exeter, no Reino Unido, que os seres humanos não se 'programaram' para resistir a tentações alimentares.

Mais concretamente, destaca a investigação, as pessoas têm, atualmente, um vasto leque de alimentos muito mais calóricos do que aqueles que necessitariam e tal faz com que engordem porque não se prepararam, ao longo da evolução, para recusá-los, lê-se no ABC.es.

Publicado há dias na revista Proceedings of the Royal Society B, o estudo recorreu a um modelo de computador que calculava a quantidade de gordura que diferentes espécies deveriam armazenar, tendo como base a ideia de que a seleção natural ajudaria a manter um peso saudável, com mais quilo ou menos quilo, mas sem oscilações muito significativas.

“Seria de esperar que a evolução tivesse dado a habilidade de perceber quando se come o suficiente, mas mostramos pouco controlo quando vemos comida artificial”, disse Andrew Higginson, da Faculdade da Vida e Ciências Ambientais da Universidade de Exeter. Para o principal mentor do estudo, “como os alimentos de hoje têm muito açúcar e sabor, a vontade de ingeri-los é maior que qualquer mecanismo evolucionário que nos diga para não os comer”.

Mas, porque é que engordamos mais no inverno? Diz Higginson que todas as espécies, incluindo o homem, mostram “efeitos sazonais na tendência de ganhar peso” e que “armazenar gordura é uma reação ao risco de fracassar na procura por alimentos, o que, para homens que viveram antes da era industrial era basicamente no inverno”, estação em que, em tempos, os produtos naturais eram mais escassos.

Olhando para os dias de hoje, Andrew Higginson culpa ainda a evolução pelo facto de ser mais difícil manter uma dieta no inverno.

Partilhar esta notícia
Referência