As novas regras na era Ébola para entrar nos países da UENotícias de Saúde

Quinta, 16 de Outubro de 2014 | 16 Visualizações

Fonte de imagem: Reuters

A obrigação de informar onde vão estar nas três semanas seguintes é apenas uma das medidas que a União Europeia vai aplicar a todos passageiros que cheguem em voos com origem nos países atingidos pelo Ébola 

Os ministros da Saúde da União Europeia decidiram esta quinta-feira lançar uma revisão imediata da monitorização dos passageiros com origem nos países atingidos pelo Ébola na África Ocidental.

A Comissão Europeia "vai lançar imediatamente uma auditoria aos sistemas de monitorização à saída dos países afetados para verificar a sua eficácia e reforçá-los, se necessário", um trabalho que será realizado em colaboração com a Organização Mundial de Saúde (OMS), acrescentou o comissário europeu da Saúde, Tonio Borg. aos jornalistas, no final do encontro de governantes em Bruxelas.

Entre as medidas a aplicar à chegada à União Europeia conta-se a obrigação de informar as autoridades sobre o paradeiro nas três semanas seguintes (os 21 dias do período máximo de incubação do vírus) e de fornecer um número de telefone ou outra forma de contacto.

Partilhar esta notícia
Autor
Visão
Referência

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados