Arroz castanho, vermelho e preto fazem melhor?Notícias de Saúde

Segunda, 19 de Outubro de 2015 | 586 Visualizações

Fonte de imagem: vivomaissaudavel

O arroz não é todo igual e alguns tipos de arroz podem ser mais benéficos para a saúde do que outros.

Há aproximadamente 40 mil variedades de arroz e o seu valor nutricional depende de vários fatores.

Apesar de o arroz branco ser o mais comum e popular, na realidade é, como destaca o Huffington Post, o tipo de arroz com níveis mais baixos de nutrientes benéficos para a saúde.

Já foi provado que fazer uma mudança e substituir o arroz branco pelo arroz castanho tem um impacto positivo na saúde. Entre os benefícios incluem-se a diminuição do risco de diabetes, de doenças cardiovasculares e uma melhoria dos níveis de colesterol, da tensão arterial e da atividade antioxidante, enquanto promove ainda uma proteção extra contra inflamações e até cancro.

arroz castanho é pouco processado, o que significa que a maioria dos nutrientes incluindo tiamina, cálcio, magnésio e potássio ficam retidos nos seus grãos. As proteínas, fibras e a farinha saudável também ficam no arroz.  

arroz preto ou roxo deve a sua cor rica aos fitoquímicos e antocianinas, que se localizam na farinha interior do arroz. Estudos sugerem que estes fitoquímicos contêm antioxidantes protetores da saúde.

Já o arroz vermelho é uma variedade especial de arroz, cuja cor deriva das antocianinas. Além de darem cor ao arroz estas substâncias contêm propriedades antioxidantes e atividades anti-carcinogénicas, que contribuem ainda para a saúde cardiovascular, prevenção da diabetes e do cancro. Este arroz contém 10 vezes mais antioxidantes do que o arroz castanho.

Estudos nutricionais que compararam os tipos de arroz vermelho, preto e variedades de arroz branco sugerem que os pigmentos no arroz vermelho e preto podem proteger contra doenças crónicas.

As pessoas que consomem arroz vermelho e arroz preto mostraram uma redução na progressão da placa aterosclerótica, induzida pelo colesterol. O consumo de arroz branco não apresentou esses efeitos. A investigação indica que isto pode dever-se à falta de antioxidantes no arroz branco que estão presentes em variedades vermelhas e pretas do arroz. 

Partilhar esta notícia
Referência

Info-Saúde Relacionados