Aprenda a evitar o inchaço abdominalNotícias de Saúde

Sexta, 15 de Maio de 2015 | 223 Visualizações

Quantas vezes não acabou de almoçar ou jantar e teve uma vontade imensa de desapertar o botão das calças por se sentir apertado? A sensação de inchaço abdominal é das mais desconfortáveis e embaraçosas, mas também das que mais facilmente se pode evitar.

Segundo o Daily Mail, existem alguns alimentos que proporcionam essa sensação de inchaço e que, por isso, devem ser consumidos com mais moderação. Mas não só. Existem ainda alguns hábitos diários que não são nada amigos da digestão e que causam uma sensação de peso e desconforto abdominal.

Mascar pastilhas elásticas, comer demasiado rápido, falar enquanto se come ou beber através de uma palhinha são situações a evitar. Assim como comer brócolos, couve-flor ou repolho ainda crus ou então grãos de soja, grão-de-bico e lentilhas. Estes alimentos não são digeridos devidamente e podem levar à sensação de mal-estar, flatulência e inchaço abdominal.

As frutas com caroço, em especial as ameixas e os pêssegos, ou aquelas que são vendidas em latas e com sumo podem provocar inchaço devido a um maior nível de fermentação.

As bebidas com gás, até mesmo a água gaseificada, provocam inchaço e prisão de ventre. Também o sal e os alimentos processados e ricos em hidratos de carbono são inimigos da barriga pois provoca retenção de líquidos e consequente inchaço, lê-se no Daily Mail.

Os temperos podem ser um bom substituto do sal mas, quando em exagero, provocam uma libertação de ácidos no estômago, causando irritação e fermentação no sistema digestivo. E tudo isto leva ao inchaço.

Para os intolerantes à lactose, beber leite com esta propriedade está fora de questão, sob a pena de ficar mal disposto e com a barriga dura e pesada.

Partilhar esta notícia
Referência
Daily Mail