Antidepressivos e anti-inflamatórios, um cocktail que pode ser fatalNotícias de Saúde

Segunda, 20 de Julho de 2015 | 239 Visualizações

Fonte de imagem: Sportdive

Um estudo que envolveu os dados de quatro milhões de pessoas revelou que antidepressivos e anti-inflamatórios, tomados em simultâneo, aumentam em quatro vezes o risco de sofrer uma hemorragia cerebral

Investigadores da Coreia do Sul analisaram os registos médicos de quatro milhões de pessoas a quem tinham sido receitados antidepressivos pela primeira vez. Aqueles que estavam a tomar, simultaneamente, anti-inflamatórios não esteróides, como a aspirina e o ibuprofeno ou o Diclofenac, corriam maior risco de hemorragias cerebrais do que os que tomavam apenas os antidepressivos.

"É necessária uma atenção especial quando os pacientes tomam simultaneamente os dois tipos de medicamentos", alertam os investigadores do Instituto sul-coreano para a segurança dos medicamentos.

O sangramento no cérebro é uma das maiores causas de acidente vascular cerebral (AVC) e pode ser fatal.

Segundo a publicação British Medical Journal, o sexo masculino é que está mais exposto a este risco. 

O alerta e a preocupação dos médicos agrava-se pela disponibilidade dos fármacos analisados sem ser necessária qualquer prescrição médica.

Apesar de esta ligação ser ainda uma descoberta recente, os medicamentos anti-inflamatórios e alguns tipos de antidepressivos já tinham sido associados a hemorragias no estômago.

Partilhar esta notícia
Autor
Visão
Referência

Notícias Relacionadas