Alimentos que aumentam o risco de acne nos adultosNotícias de Saúde

Terça, 02 de Maio de 2017 | 167 Visualizações

Fonte de imagem: SteamSpoils

Se pensa que este problema cutâneo é uma coisa de adolescentes, está enganado.

A acne é um problema de pele comum na adolescência e que se carateriza pelo aparecimento suave ou intenso de borbulhas com pus que, quando apertadas e não tratadas, podem dar origem a cicatrizes para toda a vida.

Embora esteja associada à puberdade, a acne pode, na verdade, afetar adultos em qualquer idade, especialmente quando os níveis de stress são elevados ou os cuidados de higiene facial não são os melhores. Mas há um outro fator que pode desencadear a acne em adultos: a alimentação.

Como explica o site Eat This, Not That!, existem alimentos que promovem os processos inflamatórios da pele, aumentando a probabilidade do aparecimento de borbulhas – que, muitas vezes, intensificam-se com o uso incorreto de maquilhagem, por exemplo. Este processo inflamatório varia de pessoa para pessoa e está, em grande parte, dependente da atuação das hormonas e de outros fatores, como o stress e problemas de pele já diagnosticados.

Um dos alimentos que mais promove este problema cutâneo é o leite, especialmente o que não contém gordura ou se rotula como ‘magro’. De acordo com a Academia Americana de Dermatologia, há uma ligação clara entre o leite desnatado e a acne e muito por culpa dos elevados níveis de lactose presentes nesta versão da bebida e que dificilmente são bem digeridos pelos adultos. Além disso, e tal como acontece com o consumo de soja, o leite consegue interferir com as hormonas, deixando-as desreguladas e capazes de atuar diretamente na pele.

Pelas quantidades exorbitantes de açúcar, químicos e aditivos, também os refrigerantes são um verdadeiro veneno para a saúde da pele, tal como a fast-food (que é rica em gorduras trans e saturadas). Estes dois tipos de alimentos não só fazem mal à saúde das mais variadas formas, como conseguem promover eficazmente os marcadores inflamatórios, algo que facilmente se espelha na pele. Sim, as inflamações intestinais veem-se facilmente no rosto.

Comer apenas a clara do ovo até parece ser nutricionalmente apelativo, uma vez que as calorias são mínimas, mas a verdade é que está a privar o organismo de alguns dos nutrientes para importantes para o seu bom funcionamento, nutrientes esses – como as vitaminas do complexo B – que provem uma boa saúde da pele, das unhas e do cabelo.

Os alimentos feitos com farinha branca refinada (como o pão branco, a massa, os cereais de pequeno-almoço ou os biscoitos) também aceleram os danos da pele, deixando-a fraca e à mercê de problemas como a acne e a rosácea, diz a publicação.

Por causar problemas digestivos e por aumentar a intensidade dos marcadores inflamatórios, também a carne vermelha é de evitar, diz a médica Susan Tucker, que salienta que grande parte dos problemas de acne, rosácea e eczema desaparecem ou atenuam quando a pessoa deixa de consumir esta proteína de origem animal.

Por ser igualmente inflamatório, também o consumo de álcool deve ser moderado. Já a ingestão de deve ser bebidas energéticas evitada e tudo por causa do elevado índice glicémico que possuem, mas também por conter componentes que podem deixar a pele irritada.

Partilhar esta notícia
Referência
Daniela Costa Teixeira

Notícias Relacionadas