Alimentação saudável pode prevenir os sintomas de asmaNotícias de Saúde

Terça, 17 de Julho de 2018 | 27 Visualizações

Fonte de imagem: Z Living

Seguir uma alimentação rica em hortaliças, fruta e cereais integrais pode oferecer melhores resultados em pacientes com asma, atesta um estudo.
 
O estudo que foi conduzido por uma equipa de cientistas liderada por Roland Andrianasolo, do Instituto Nacional de Saúde e Investigação Clínica (conhecido como INSERM) em França, demonstrou que seguir uma alimentação saudável ajuda a reduzir os sintomas de asma e a melhorar o controlo do paciente sobre a doença.
 
Perante os resultados inconclusivos de estudos dedicados à relação entre a alimentação e a asma, a equipa procurou resolver esta lacuna e poder contribuir para recomendações nutricionais claras para os pacientes.
 
Para o seu estudo, a equipa analisou os dados de 34.776 adultos franceses que tinham participado noutro estudo sobre nutrição e saúde em 2017, também francês.
 
Os participantes tinham respondido a perguntas detalhadas sobre a sua saúde respiratória, tendo-se detetado que 25% dos homens e 28% das mulheres apresentavam pelo menos um sintoma de asma. Foram ainda recolhidos dados sobre a frequência dos sintomas de asma nos participantes durante um ano, e sobre o controlo dos mesmos sobre esses sintomas ao longo de quatro semanas.
 
As perguntas incluíam também o uso de medicação de urgência, assim como o grau de interferência dos sintomas de asma sobre as atividades de rotina diárias dos participantes. 
 
A qualidade da alimentação seguida pelos participantes for avaliada através de registos da alimentação dos mesmos durante 24 horas, recolhidos aleatoriamente junto de cada participante. Uma alimentação saudável foi considerada como sendo rica em hortaliça, fruta e cereais integrais. O consumo elevado de carne, sal e açúcar foram considerados como não sendo saudáveis.
 
O estudo revelou que os homens que aderiam a uma dieta saudável apresentavam uma propensão 30% inferior de terem sintomas de asma e 60% menor de terem problemas de controlar a asma; nas mulheres que seguiam uma dieta saudável, a propensão de sintomas de asma era 20% menor e de terem problemas de controlar os sintomas da doença era 27% inferior.
 
Roland Andrianasolo concluiu que se deve encorajar a promoção de uma dieta saudável com fruta, hortaliça e fibra, que possuem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes para prevenir e gerir a asma, evitando o consumo excessivo de carne, sal e açúcar que são pro-inflamatórios. 

Partilhar esta notícia
Referência
Estudo publicado na “European Respiratory Journal”

Notícias Relacionadas