Alergias: Combater os sintomas de forma naturalNotícias de Saúde

Sábado, 11 de Abril de 2015 | 217 Visualizações

A Primavera é linda mas traz consigo alergias que afetam milhares de portugueses. A Escola de Medicinas Alternativas e Complementares (EMAC), Porto, deixa neste artigo algumas dicas de técnicas naturais e práticas que ajudam a resistir aos alérgenos.

Na Primavera dá-se o pico da circulação de aeroalérgenos como pólenes, ácaros e outros fungos, responsáveis por várias alergias. Um dos segredos para enfrentar esta altura do ano está, dizem os especialistas da EMAC, numa prevenção adequada e na aposta em terapias à base de produtos naturais. 

Muitos pacientes recorrem, com sucesso, a tratamentos não convencionais, a partir das Medicinas Alternativas e Complementares (MACs), que oferecem soluções eficazes e práticas que ajudam a estimular o próprio organismo e a repor as defesas naturais. Entre as técnicas mais utilizadas destaque para a Fitoterapia, Homeopatia e Naturopatia. 

Ómega-3, antioxidantes e vitaminas

Na abordagem nutricional, uma dieta rica em ómega-3 e baixa em ómega-6 tem efeitos preventivos pois enquanto os ómega-3 diminuem a ação de substâncias inflamatórias e alergénicas, alguns tipos de ómega-6 presentes em produtos de origem animal tendem a aumentar.

Por outro lado uma dieta rica em antioxidantes com ação antialérgica como a quercitina ou a vitamina C pode manter as reações alérgicas afastadas de vez. Através da dieta pode-se modular a resposta alergénica e “reeducar” o sistema imunológico importante na prevenção e tratamento a longo prazo.

Infusões e tisanas

No tratamento imediato, a Fitoterapia fornece alternativas aos tratamentos convencionais baseados em ervas e nos seus benefícios. Os mais rápidos passam pelo uso de suplementos de quercitina ou urtiga.

De utilização mais caseira, infusões de urtiga, um anti-histamínico natural que atua rapidamente perante os primeiros sintomas, ou tisanas de Alcaçuz, folhas de Groselheiro negro ou Tanchagem podem ajudar a aliviar.

Partilhar esta notícia
Referência
Escola de Medicinas Alternativas e Complementares (EMAC)

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados