19 efeitos secundários do excesso de cafeínaNotícias de Saúde

Segunda, 08 de Dezembro de 2014 | 1136 Visualizações

Para milhões de pessoas o ritual do café é uma forma essencial de começar o dia. Mas consumido em excesso pode mesmo matar

Uma simples chávena de café pode conter até 282mg de cafeína. Estudos recentes mostram que mais do que 400mg por dia podem colocar a saúde em risco. Ou seja, se ao café duplo da manhã somarmos a bebida cafeinada do almoço podemos estar a danificar o nosso organismo mais do que poderíamos supor.

O Business Insider compilou 19 efeitos da cafeína, em forma crescente quanto à sua gravidade. 

1 - O aumento do batimento cardíaco

A cafeína atua como um estimulante do sistema nervoso central, levando ao aumento do batimento cardíaco, um efeito que começa 15 minutos após a ingestão.

2 - Refluxo / sensação de ardor

A cafeína tem mostrado ser um relaxante para o esófago, contribuindo para o refluxo gastrointestinal. Esta situação pode causar ou aumentar a sensação de ardor em indivíduos suscetíveis a problemas deste foro.

3 - Nervosismo / Inquietação

A estimulação da adrenalina decorrente do consumo de cafeína pode provocar no corpo tremores e sensação de inquietação.

4 - Ansiedade

O efeito estimulante da cafeína provoca no corpo pode também levar a uma ansiedade excessiva.

5 - Espasmos musculares

Um consumo excessivo ou prolongado de cafeína pode causar atrofiamento dos músculos ou levar a um movimento errático dos mesmos.

6 - Pensamento e discurso descordenado

Embora o estímulo da cafeína no pensamento possa revelar-se muito útil na concentração, em excesso pode causar confusão e descoordenação.  

7 - Palpitações

A cafeína estimula o sistema nervoso central, aumenta o batimento cardíaco e pode conduzir ao aparecimento de palpitações.

8 - Efeito diurético

A cafeína aumenta a necessidade de expulsão dos líquidos do corpo uma vez que os rins tendem a 'trabalhar' numa base mais acelerada, levando à dilatação dos vasos sanguíneos.

9 - Distúrbios gastrointestinais

A cafeína actua como uma laxante ao aumentar a contração nas partes mais estreitas e largas dos músculos intestinais. Pode levar a que a comida pré-digerida passe para o intestino, funcionando como uma armadilha ao processo de digestão que compete ao estômago.

10 - Desidratação

Diarreia persistente e necessidade de expulsão constante de líquidos do sistema podem levar à desidratação, o que se traduz numa perda de vitaminas e minerais essenciais ao funcionamento do organismo.

11 - Insónias

A cafeína inibe a atividade de um neurotransmissor que funciona como um dos tranquilizantes naturais que se encontram no cérebro

12 - Dores de cabeça

A combinação de diuréticos e estimulantes pelo corpo levam a uma sobrecarga do cérebro, podendo provocar dores de cabeça.

13 - Alucinações

Crê-se que as alucinações ocorram quando uma overdose de cafeína leva a que o corpo fique em stress. Este é o resultado de adrenalina e estimulantes em excesso.

14 - Vício

O vício ou a dependência da cafeína começa porque originalmente cria um sentimento de alerta que os consumidores de cafeína ambicionam. Mais tarde transforma-se num químico que o corpo necessita para prevenir as dores de cabeça, a letargia e a depressão.

15 - Aumento da pressão sanguínea

A cafeína provoca um aumento de produção de adrenalina por parte das glândulas, levando a um aumento da pressão sanguínea.

16 - Úlceras no estômago

O aumento dos ácidos estomacais pode originar lesões ou úlceras.

17 - Paragens cardio-respiratórias

Um aumento da pressão sanguínea derivado de uma quantidade elevada de cafeína e os efeitos estimulantes no sistema cardiovascular podem traduzir-se num efeito devastador para pessoas com coração fraco.

18 - Coma

Quando alguém consome demasiada cafeína pode sofrer da chamada intoxicação de cafeína, com sensação de confusão e desorientação. confusos e desorientados. Convulsões e até mesmo coma são cenários possíveis.

19 - Morte

Pessoas sensíveis à cafeína podem morrer de overdose de cafeína. Esta pode não ser ingerida na forma de café, dado que muitos medicamentos contém esta substância.

Partilhar esta notícia
Autor
Visão
Referência
Business Insider

Notícias Relacionadas