Pitiríase róseaDoenças da Pele

Atualizado em: Quinta, 09 de Julho de 2015 | 1574 Visualizações

A pitiríase rósea é uma doença ligeira que provoca escamação, inflamação e uma coloração rosada na pele.

A pitiríase rósea (ou rosada) é possivelmente causada por um agente infeccioso, apesar de até ao momento não se ter identificado nenhum. Pode ocorrer em qualquer idade, mas é mais frequente nos adultos jovens. Regra geral, aparece durante a Primavera e o Outono.

Sintomas

A pitiríase rósea começa como uma zona de cor rosada, vermelha ou ligeiramente bronzeada a que os médicos chamam placa heráldica, ou placa-mãe. Esta zona arredondada ou oval costuma aparecer no tronco. Num prazo de 5 a 10 dias, aparecem muitas placas similares, embora de menor dimensão em outras partes do corpo. Estas placas secundárias são mais frequentes no tronco, especialmente ao longo da coluna e de ambos os lados da mesma. A maioria das pessoas com pitiríase rósea mal apresenta sintomas e as erupções não são particularmente pruriginosas. No entanto, em alguns casos provoca fadiga, cefaleia e ocasionalmente uma comichão incómoda.

Regra geral, a erupção desaparece em 4 ou 5 semanas sem tratamento, embora por vezes dure 2 meses ou mais. A luz solar pode eliminar a pitiríase rósea mais rapidamente e aliviar a comichão. Um creme que contenha mentol pode diminuir a comichão. Em situações muito excepcionais prescrevem-se corticosteróides de uso oral se a comichão for intensa.

Partilhar este artigo
Referência

Notícias Relacionadas