BrócolosPeso e Nutrição

Atualizado em: Segunda, 18 de Maio de 2015 | 124 Visualizações

Fonte de imagem: Dieta Alimentar

São ricos em dois compostos fantásticos: o sulforafano e o indol 3 cardinol, que ajudam a desintoxicar o organismo de duas maneiras: aumentando a produção de enzimas desintoxicantes e fornecendo-nos nutrientes como o enxofre. Mas, para terem este efeito antioxidante, os brócolos não devem ser muito cozinhados (se forem, aqueles compostos ficam desativados).

Além de este legume conter um elevado teor de cálcio e de ser fonte importante de fibra, minerais e vitaminas, estudos recentes indicam que contém um elemento químico (ou melhor, um fitoquímico) que pode inibir o desenvolvimento da bactéria Helicobacter pylori (H Pylori), que é a causa principal de gastrites e úlceras estomacais. Os brócolos podem ser aproveitados ao máximo, pois também as folhas e os pedúnculos são comestíveis, outra vantagem que não se pode ignorar.

Anticancerígeno, antioxidante, depurativo intestinal, excelente fonte de fibras, tem efeito antibiótico, antiviral (por ação do enxofre), estimula o fígado.
  
Nutrientes:
- Cálcio
- Magnésio
- Fósforo
- Vitaminas B3, B5 e C
- Betacaroteno
- Ácido fólico

Valor calórico: 100 g (cozido): 25 kcal

Partilhar este artigo

Notícias Relacionadas