32 - 36 SemanasSaúde na Infância - Criança & Bebé

Atualizado em: Segunda, 18 de Maio de 2015 | 2211 Visualizações

A gravidez entra na recta final.

Todo o corpo pesa, há dificuldades na locomoção e nos movimentos. Mas há que insistir nas caminhadas e nos exercícios de respiração e relaxamento.

As dores nas costas, a falta de posição para dormir e a ansiedade impedem um sono tranquilo e estável.

Se se trata da primeira gravidez, a cabeça do bebé desce e encaixa na pélvis, preparando-se para o nascimento; mas quando não se trata do primeiro parto a descida pode produzir-se apenas no início das contracções.

O encaixe do feto produz maior comodidade para a mãe, já que a barriga baixa e diminui a tensão sobre o tórax e o estômago.

Em contrapartida, talvez necessite de urinar mais frequentemente devido à pressão que a cabeça da criança exerce sobre a bexiga.

A partir da 36ª semana de gravidez pode efectuar-se uma citologia para descartar a existência de gérmenes que possam infectar a criança ao passar pelo canal de parto.

A partir da 37ª semana, o controlo obstétrico é semanal.

A data prevista para o nascimento é meramente orientativa: pode ter lugar 15 dias antes 15 dias depois. Se na semana 42ª, o bebé não nasceu, o médico opta por provocar o parto.

Partilhar este artigo
Autor
Milupa
Referência

Notícias Relacionadas