Três truques para controlar o consumo de açúcar naturalNotícias de Saúde

Sexta, 15 de Maio de 2015 | 139 Visualizações

Um recente estudo da Universidade do Sul da Califórnia veio acionar o alarme sobre os possíveis efeitos negativos do açúcar natural. De acordo com a investigação, citada pelo site Health.com, as pessoas que consomem frutose têm mais tendência a querer comer no imediato do que aquelas que ingerem, por exemplo, glicose.

Em causa, explicam os cientistas, está a produção de insulina que, no caso da ingestão de frutose, não acontece de forma tão eficaz como quando se ingere outro tipo de açúcar. Esta nova tese pode deitar por terra todas as outras que defendem que o consumo de açúcar natural é mais benéfico e um aliado à perda de peso.

Porém, a nutricionista Cynthia Sass, defende que o consumo de frutose (açúcar presente nas frutas e legumes ou até mesmo no mel) não deve, de todo, ser banido da alimentação. Porém, podem ser adotados três truques para que os efeitos não sejam negativos e a vontade de comer tão espontânea.

Escolha as frutas e legumes frescos: optar pelas verduras e frutas no seu estado natural é a melhor forma de obter todos os nutrientes existentes e a dose ideal de frutose. Com isto, Cynthia Sass defende que devem ser evitados os entalados e os refrigerantes ‘à base de fruta e açúcar natural’, que embora sejam mais saudáveis do que os processados e com edulcorantes, nunca são, de facto, naturais.

Se vai consumir frutose, não o faça em estado líquido: beber sumos e batidos à base de frutas e legumes (no seu estado natural ou não) deve ser um hábito moderado, uma vez que o nível de frutose é elevado e o facto de se tratar de um líquido faz com que não seja um alimento tão saciante. O truque aqui é dar alguma espessura ao seu smoothie, fazendo com que pareça, por exemplo, uma papa.

Trace um limite para a quantidade de doce que ingere (e não contam apenas os bolos): a regra é ‘nem oito, nem oitenta’. Não opte por banir da sua alimentação todos os tipos de doce, apenas aprenda a moderar as vezes que os come. Se tiver consciência da quantidade de açúcar que ingere ao comer fruta, legumes, iogurtes, mel, xarope de ácer ou até mesmo algumas bebidas substitutivas do leite (como soja, amêndoa, coco, etc.) será mais fácil saber quando e qual o doce que pode comer sem peso na consciência.

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados