Quetamina pode ajudar a prevenir perturbações pós-traumáticasNotícias de Saúde

Domingo, 19 de Fevereiro de 2017 | 24 Visualizações

Fonte de imagem: Organic Fact

A droga comummente usada como anestesia geral ou antidepressivo de atuação rápida pode ajudar a prevenir perturbações de stress pós-traumático (PSPT).

Administrar uma única dose de quetamina uma semana antes de um evento stressante pode ‘suavizar’ uma maior resposta de medo e prevenir perturbações de stresse pós-traumático (PSPT), segundo descobriu um grupo de investigadores.

PTSD é um transtorno de ansiedade que ocorre em cerca de um quarto dos indivíduos que experimentam trauma psicológico. Os sintomas incluem reviver o trauma – através de repetidos ‘flashbacks’ (memórias visuais), hipervigilância e hiperreatividade -, bem como alterações de humor, entorpecimento psicológico e sintomas físicos crónicos, como dor de cabeça.

Christine A. Denny, professora assistente no Columbia University Medical Center, em Nova Iorque, e principal autora deste estudo, destaca: “Se os nossos resultados em ratos se traduzirem para os humanos, dar uma única dose de quetamina através de uma vacina pode ser muito benéfico para pessoas que têm uma probabilidade mais alta de viver situações de stress traumatizantes, como os militares ou membros de associações humanitárias que vão para zonas de conflito”.

No entanto, sublinha: "a quetamina é uma droga poderosa, e não defenderíamos o uso generalizado para prevenir ou reduzir os sintomas de PTSD", segundo cita o Indian Express.

Este estudo foi publicado na revista Neuropsychopharmacology.

Partilhar esta notícia
Referência
Vânia Marinho