Endometriose: o sofrimento escondido de milhões de mulheresNotícias de Saúde

Quarta, 30 de Setembro de 2015 | 130 Visualizações

Fonte de imagem: endometriosisnews

Muitas vezes descartada como 'problemas' de mulheres, a endometriose afeta milhões de mulheres por todo o mundo.

A endometriose é uma doença que afeta cerca de uma em cada dez mulheres em idade reprodutiva, e na maioria das vezes é difícil de diagnosticar.

Geralmente esta doença silenciosa mascara-se dando a entender que os seus sintomas não passam de cólicas e dores intensas próprias do período menstrual ou de outros ‘problemas femininos’. Mas pode ser causa de desconforto e também provocar infertilidade, avança o The Guardian.

Estima-se que esta doença afete 176 milhões de mulheres por todo o mundo mas, por falta de sensibilização e também de investigação, os seus sintomas acabam muitas vezes por ser ignorados.

A endometriose é uma doença em que tecidos similares ao endométrio (que reveste o útero) estão presentes fora dele, na região pélvica, abdómen, ovários, bexiga ou intestinos, provocando dores agudas, por vezes confundidas com cólicas menstruais.

A diretora da Fundação de Pesquisa Mundial de Endometriose e da Sociedade Mundial de Endometriose, Lone Hummelshoj, considera que a falta de investigação e financiamento para uma doença que afeta tantas mulheres é um “grande escândalo”.

Para já, a única forma de diagnosticar a endometriose é através de uma cirurgia, geralmente por laparoscopia — técnica em que são utilizados ‘tubos’ através dos quais são introduzidos vários instrumentos no abdómen.

Vários especialistas defendem que esta doença silenciosa pode ser responsável por metade dos casos inexplicáveis de infertilidade, destaca o The Guardian.

Partilhar esta notícia
Referência
The Guardian

Info-Saúde Relacionados