Anorexia pode ser um hábito enraizadoNotícias de Saúde

Quarta, 14 de Outubro de 2015 | 22 Visualizações

Fonte de imagem: ascendchc

Estudo vem agora explicar o quão difícil é tratar este distúrbio alimentar.

A anorexia é um dos distúrbios alimentares mais comuns e dos mais difíceis de tratar (e de curar). E há agora uma explicação para isso: diz um estudo da Universidade Columbia que a anorexia pode ser um hábito enraizado e extremamente difícil de ser mudado.

De acordo com a investigação, publicada na revista Nature Neuroscience e citada pelo The New Yok Times, a anorexia tem um forte fator rotineiro, o que dificulta o sucesso de grande parte dos tratamentos e sessões de terapia.

Para o estudo, Joanna E. Steinglass (autora principal) analisou, através de ressonâncias magnéticas, o cérebro de 42 mulheres, metade delas com anorexia e as restantes consideradas saudáveis, enquanto tomavam decisões sobre a alimentação.

Embora todas as mulheres do estudo tenham ‘ativado’ o sensor de recompensa no cérebro sempre que pensavam em comida, aquelas que sofriam do transtorno alimentar  mostraram um atividade mais intensa no corpo estriado dorsal, a região responsável pelo comportamento habitual.

Desde modo, diz o estudo, as mulheres com anorexia que participaram na investigação agiram automaticamente, tendo por base um hábito, o que fez com que não fossem capazes de analisar o lado bom e mau de um alimento.

Partilhar esta notícia
Referência

Info-Saúde Relacionados